top of page

‘Walking Festival’ foi apresentado em Montemor


Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo convocou os jornalistas para uma conferência de imprensa, no passado dia 4 de outubro, na Biblioteca Almeida Faria, em Montemor, para a apresentação da terceira iniciativa do ‘Walking Festival’.

O programa irá decorrer entre os dias 14 de outubro e 5 de novembro, num vasto conjunto de concelhos do Alentejo, através de rotas perdestes, seminários, momentos de gastronomia, cultura e cantares.

Estiveram presentes na iniciativa, o presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, José Santos, o diretor da entidade Turismo Alentejo, José Pedro Calheiros, o presidente da Câmara Municipal de Montemor, Olímpio Galvão, o vereador com o pelouro do Turismo, António Xavier, para além de vários técnicos municipais com responsabilidade nesta área.

Olímpio Galvão agradeceu a escolha de Montemor para a apresentação do Festival, tendo referido que que o Alentejo “tem muito potencial para desenvolver e muito para mostrar ao mundo”, salientando as questões de segurança que aqui não têm a relevância que apresentam noutras regiões.

O presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo, José Santos, frisou que esta será a terceira edição deste Festival, e salientou a manutenção das parcerias existentes com a vizinha Espanha, nomeadamente com Olivença. “Este é um Festival que tem lugar entre o final do verão e o início do outono, e espera-se que seja convidativo para receber turistas”.

José Santos referiu também que a região do Alentejo foi a única do interior do país que não baixou as dormidas em agosto, e mencionou que esta região continua a liderar na atração de turistas. “Queremos atrair pessoas ao território”, disse.

O Festival irá abarcar cerca de 50 passeios terrestres que irão promover todo o Alentejo. Pretende-se implementar uma perspetiva de ligação às comunidades locais de modo a abrir mais oportunidades aos operadores turísticos locais. “É um grande momento de ativação deste produto que inclui também o património cultural”, mencionou o presidente da ERT. José Santos referiu ainda que “queremos também internacionalizar este Festival, atraindo turistas de Espanha”.

O detalhe do Festival foi apresentado por José Pedro Calheiros, diretor na Turismo Alentejo, que frisou a dinamização da rede TransAlentejo através deste Festival, sublinhando, “queremos chegar ao mercado da operação turística”, e acrescentou que estas iniciativas também ajudam a pensar o território, fazendo referência às questões da sustentabilidade que irão estar presentes durante todo o Festival.

Este é o único produto turístico estruturado em todo o território e tem agora um crescimento em cada concelho com as Redes Municipais de Percursos Pedestres da responsabilidade das autarquias.

Além das caminhadas que decorrem ao sábado e domingo, o evento conta com conferências sobre a temáticas de Turismo de Caminhadas, Turismo de Natureza e Desenvolvimento Territorial.

Promovido pela Turismo do Alentejo - Agência Regional de Promoção Externa, serão realizadas ‘fam-trip’ com operadores turísticos internacionais e ‘press-trip’ com jornalistas especializados.

Atendendo à dimensão do Alentejo, com cerca de 31.600Km2, com 47 concelhos distribuídos por quatro distritos, o evento está situado em quatro centralidades, neste vasto território de cerca de um terço do continente português.

A divulgação do Festival irá também ter lugar nas redes sociais com e através do site www.transalentejo.com onde os interessados se podem inscrever.

Em relação ao percurso de Montemor, intitulado ‘Olivais e Montados de Montemor – Os vastos campos agrícolas marcam uma paisagem deslumbrante’, que terá lugar no domingo, 29 de outubro, José Pedro Calheiros referiu que “a caminhada em Montemor é lindíssima, e foi um grande desafio fazer. Montemor tem uma conjuntura especial, mas conseguimos criar um percurso feito em cima do montado, mas com uma parte de olivais muito bonita, com paisagens deslumbrantes”.



A.M. Santos Nabo

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page