Um editorial difícil de escrever


O jornal Folha de Montemor não saiu este mês de janeiro o que representa uma primeira falha ao longo dos últimos 30 anos, o que é pena. Esta situação é um reflexo da crise financeira que já há algum tempo se vinha a perfilar devido à forte quebra nas receitas da publicidade, principalmente por parte dos clientes institucionais que deixaram de anunciar no jornal, o que contribuiu decisivamente para o alargar da crise.

Embora a vontade de fazer jornais e colocar junto da sociedade as notícias que têm feito diferença continue viva nos elementos da redação da Folha, o custo das edições impressas, face às receitas da publicidade, está a tornar inviável a manutenção deste projeto tal como tem acontecido ao longo das últimas três décadas.

Por isso, a Folha enfrenta uma situação complicada, ou passamos a ser um jornal digital, tal como outros já fizeram, ou temos que encontrar soluções bem mais baratas para poder fazer edições impressas. E é isso que tem estado a ser discutido na direção do jornal. Das várias reuniões que temos feitos todos concordamos com uma situação. Sem apoios publicitários não é possível fazer edições impressas tal como temos vindo a fazer ao longo dos últimos 30 anos. Contudo, estamos a fazer o que é possível para manter o projeto de pé e continuar a servir esta comunidade montemorense, pelo que esperamos regressar ao contacto com os nossos leitores na primeira quinzena de fevereiro.

Obrigado pela vossa compreensão


A.M. Santos Nabo

164 visualizações0 comentário